Por que algumas marcas mudam de nome quando se internacionalizam?

Nesse novo post da série "Marketing Internacional" vamos analisar algumas marcas muito famosas que fazem sucesso em grande parte do mundo, mas possuem diferentes nomes de acordo com o local em que estão inseridas.


Se você pedir um "Kibon ice cream" nos Estados Unidos, por exemplo, é muito provável que ninguém te entenda, mas irá encontrar facilmente a logomarca com os coraçãozinhos em branco no fundo vermelho pelo nome de "Good Humor".


Por diferentes razões, grandes marcas acabam adotando diferentes nomes dependendo da região onde forem explorar novos mercados. Ao contrário do MC Donald's, Nike, Apple, dentre outras tantas multinacionais, algumas se veem obrigadas a utilizar um outro nome em determinado país para melhor aceitação e compreensão dos clientes

locais ou até mesmo por motivos de legislação.


Um exemplo é a grande rede de fast-foods Burger King, que é conhecida por "Hungry Jack's" na Austrália, pois quando chegou ao país, o nome "Burger King" já era utilizado por outra empresa.


Já a marca de produtos de higiene "AXE" é conhecida por "LYNX" em alguns países de língua inglesa, visto que a tradução de "axe" para inglês é "machado", não fazendo sentido para um desodorante, por exemplo.


Em alguns casos, para não perder os clientes locais, a empresa que está chegando no novo mercado, compra a potencial concorrente mas mantem o nome antigo para não perder os clientes que já confiam naquele produto. É o caso da "Hellmann's" que mesmo após se unir com a "Best Foods" em 1932, e posteriormente compradas pela Unilever, ainda mantem seu nome em diversas partes do mundo.


A famosa batatinha Lay's também recebe diferentes denominações. No Reino Unido, você encontrará a "Walkers", na Austrália "Smith's" e no México "Sabritas", mantendo seus fiéis clientes locais, mas sob nova direção.


A francesa DANONE, entrou no mercado americano com uma pequena diferença, Dannon. Mantendo todas as cores, mas adaptando o nome para uma forma mais fácil para que o americano não tenha dificuldades ao pronunciar.


A partir desses exemplos, podemos perceber cada vez mais a importância do Marketing Internacional para que seu produto consiga se adequar em diferentes mercados.


#comex #comexland #importação #exportação #marketing #mkt #internacional #brand #branding

#marcas #logo #logotipo #kibon #lays #danone #nike

26 visualizações