Comex Colaborativo, é possível?

No modelo de mercado de antigamente, era normal uma grande concorrência entre as empresas e entre os funcionários, jamais se pensou que funcionários competindo para uma mesma vaga pudessem se ajudar de alguma forma, e muito menos a colaboração entre empresas, ou integração descentralizada entre cliente e fornecedor.


Com a evolução do mercado de trabalho e no mindset de cada integrante da empresas, foi possível que empresas e pessoas pudessem colaborar entre si para atingir um sucesso mútuo, com seus clientes. O comércio colaborativo utiliza a internet para integrar negócios entre parceiros, fornecedores e clientes. Para facilitar o entendimento do que são empresas e pessoas colaborativas, é possível analisar alguns exemplos, como: Uber, Airbnb , Waze, TripAdvisor e OLX.


Comex Colaborativo - O que é ?


Quando falamos de Comex Colaborativo, não estamos falando apenas na troca de bens e serviços, mas sim, no compartilhamento de conhecimento, experiências, dados e informações sobre embarques de importação ou exportação de forma ampla ou individual.

Todas as empresas, possuem dois objetivos em comum: O lucro e a satisfação do cliente, porém ambos só serão alcançados se a empresa possuir um propósito, ou seja, um motivo maior, uma razão do porque fazer o que faz, o comex colaborativo é capaz de colocar esse propósito na prática, pois há um modelo de descentralização.


Benefícios & Desafios:


Os benefícios do Comex Colaborativo são: Melhor relacionamento com clientes e fornecedores, inovação, menores custos, potencialização de resultados, maior qualidade no serviço oferecido e aumento de consumidores do serviço.


Com a união de duas ou mais organizações parceiras é possível o aumento da performance e a divisão de responsabilidades em caso de multas, bloqueios e armazenagem. Dessa forma é possível reduzir o desperdício de capital, de recursos e de tempo, gerando decisões mais assertivas e equipes que geram mais produtividade.


É importante falarmos de erros, erros não podem ser condenados, devem ser considerados e compartilhados como experiência. O framework SCRUM aplica essa técnica que ajuda milhares de empresas na realização de projetos ágeis. Quanto mais experiências são compartilhadas, menos erros ocorrem nas operações diárias dos profissionais, por isso é importante as empresas compartilharem seus erros e acertos.


Quando recebemos algo novo, temos a capacidade de abrir nossa mente para novas ideias, possibilitando uma mentalidade mais aberta e criativa. Dessa forma é possível, a criação de novos projetos, a solução de problemas mais rapidamente e tomada de decisão mais assertiva trazendo inovação de fora para dentro da empresa.


Para esses benefícios ocorrerem é necessário que todas as informações sejam sempre associadas a segurança e compliance, especialistas afirmam que esse é um dos maiores desafios, a falta de confiança entre empresas, entre funcionários e entre fornecedor e cliente. Dessa forma, ainda é um grande desafio aplicar o comex colaborativo na prática.


E você? Acredita que o Comex Colaborativo é possível?




Artigo escrito por Kauana Pacheco para a Logcomex

Criadora da página de conteúdo de comércio exterior, ComexLand, Kauana tem seis anos de experiência no comex, é formada em Negócios Internacionais e cursa pós graduação em Big Data & Market Intelligence