Benefícios da tecnologia no Desembaraço Aduaneiro

No Comércio Exterior, muitas vezes ouvimos falar no termo “Comex 4.0”, que consiste nas mudanças as quais o setor vem enfrentando em termos de tecnologia e inovação, agilizando processos e tornando-os menos burocráticos e onerosos. Com o surgimento de diversos softwares para agilização, os processos de importação, exportação, contratações de fretes e o despacho aduaneiro estão se tornando cada vez mais eficientes e de fácil entendimento para todos os envolvidos na operação, eliminando etapas manuais que são mais susceptíveis a erros e que demandam muito mais tempo.


UXComex e as inovações para o COMEX


Com o intuito de trazer cada vez mais praticidade e eficiência para seus clientes, a UXComex desenvolveu um sistema que possui um módulo de desembaraço aduaneiro para importação, um outro módulo voltado para a Licença de Importação (LI), onde ela é gerada a partir da adição e que também permite a criação de adições a partir de uma LI, e um outro módulo que irá ajudar bastante na eficiência e na conferência documental: o extrator de Declaração de Importação (DI). Esse extrator é capaz de pesquisar e filtrar automaticamente as DI’s no site da Receita Federal no período estipulado pelo usuário, extraindo os XML’s desses documentos para o sistema UX, permitindo a consulta de informações de forma muito mais ágil.


Tecnologia e o Desembaraço Aduaneiro


Através do desenvolvimento desses sistemas, podemos citar alguns benefícios imediatos em uma das mais importantes etapas do processo de importação – o desembaraço aduaneiro. São eles:

  • Minimização de erros: com a automação, as etapas manuais são reduzidas, diminuindo assim a incidência de erros muitas vezes cometidos ao realizar alguma etapa com pressa, como erros de digitação, que dependendo, podem comprometer todo o processo. Além disso, a redução de etapas operacionais faz com que “sobre” mais tempo para a realização de demandas mais estratégicas.

  • Aumento da agilidade: uma das principais missões da tecnologia no Comércio Exterior é trazer agilidade para todas as etapas dos processos de importação e exportação, pois a rapidez gera ganhos de escala, competitividade e reduz custos. Ao incorporar novas tecnologias, o desembaraço aduaneiro, que é uma das etapas que muitas vezes exige um tempo maior devido à necessidade de conferência de mercadorias, por exemplo, se torna muito mais simples e rápido com a geração, armazenamento e consulta de dados e documentos em tempo real.

  • Transparência: com a possibilidade do armazenamento de dados na nuvem, a integração das etapas e dos documentos, conseguimos ter uma visão 360° da operação, tornando tudo mais claro e simples, extinguindo a necessidade de e-mails cobrando algum documento, por exemplo. Essa clareza e a centralização das informações, além de reduzir o tempo, também auxilia nesses principais pontos de melhorias do Comex que citamos anteriormente: minimização de erros, eficiência e ganhos de escala.

Contudo, as empresas devem estar sempre atentas as novas demandas do mercado para que se adequem o quanto antes e consigam acelerar e otimizar suas importações e exportações. Da mesma forma, os operadores da área, também precisam estar sempre se atualizando com tudo que o mercado oferece de inovação para que se consigam desempenhar bem as suas funções e se manter nesse mercado de trabalho cada vez mais competitivo.


Iara é graduada em Relações Internacionais e Comércio Exterior. Produtora de conteúdo na página ComexLand com experiência de mercado na área comercial, de logística e importação.

18 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo